Nazaré Resumo | Novelas da Band

Nazaré Resumo | Novelas da Band

Nazaré. Saiba mais sobre a novela da Band “Nazaré” e confira o resumo dos próximos capítulos: Nazaré (Carolina Loureiro) para salvar a mãe, é obrigada a trair Duarte (José Mata), um playboy, filho de um magnata da indústria de móveis. Sempre teve tudo o que quis e o melhor que o dinheiro pode comprar. Adora carros velozes, mulheres e nunca trabalhou. Nazaré é a única filha de Matilde (Custódia Gallego). O pai, Joaquim (Rogério Samora), deixou-as quando Nazaré ainda era pequena. Desse tempo ficaram as memórias das sucessivas depressões da mãe… … ler a sinopse completa

Anos depois, foi diagnosticado em Matilde um tumor no cérebro e Nazaré é a única que cuida dela. Só se têm uma à outra. A família mais pequena do mundo. A única coisa que sabe sobre o pai é que cometeu um homicídio, fugiu e deixou a mãe no desespero.

Nazaré só pensa em fazer tudo o que for preciso para salvar a mãe. As suas muitas pesquisas levam-na a um médico-cirurgião londrino, que já teve sucesso em casos parecidos com o da mãe, um médico tão eficaz como caro.

Glória (Luisa Cruz), é dona de um restaurante. Ela tem dois filhos, Matias (Pedro Sousa) e Toni (Afonso Pimentel). Ambos ajudam a mãe no negócio de família, mas dedicam-se também a assuntos obscuros.

Matias namora com Patrícia (Aurea), mas é secretamente apaixonado por Nazaré. Ela está a assaltar a Quinta dos Blanco juntamente com o namorado, depois de ele a convencer de que o fogo anda longe. Mas o vento faz com que o incêndio mude bruscamente de direção e os encurrale. No meio do pânico, os dois separam-se, e é aí que Nazaré encontra Duarte e tira-o do inferno.

A aliança de sobrevivência que os dois forjam naquela noite transforma-os em heróis, fazendo com que surjam sentimentos intensos. Mas tudo acaba tão repentinamente como começa. Duarte fica ferido e é levado para o hospital, onde permanece inconsciente.

Uma troca de dados faz com que seja dado como morto. Para Félix (Albano Jerónimo) e Verónica (Sandra Barata Belo) é tempo de festejar e ficar com o espólio dos crimes. Mas o esquema de ambos sofre uma inesperada reviravolta, quando Duarte aparece nas cerimónias fúnebres, determinado a assumir a sua herança.

A tragédia muda-o profundamente. Não desconfia do envolvimento do tio na morte do pai e continua a confiar-lhe a vice-presidência da Atlântida, mas quer assumir a presidência e tornar-se alguém de quem António se orgulharia. Félix fica furioso com o falhanço, mas sabe que um novo atentado levantaria suspeitas. Com medo que Nazaré tenha visto mais do que devia, procura-a.

Nessa altura, constata que ela não sabe do seu envolvimento nos incêndios e percebe que a fixação de Duarte por Nazaré pode servir os seus intentos. Com isso em vista, o vilão faz-lhe a proposta: dá-lhe dinheiro para operar a mãe se, em troca, ela seduzir o sobrinho e aceitar fazer tudo o que ele mandar. Caso contrário, tem meios para acusar Nazaré do incêndio e da morte de algumas pessoas. Encurralada, ela cede à chantagem.

O esquema para apanhar Duarte é desenhado ao pormenor por Félix e Nazaré vai seguir o plano à risca… mas não será tão fácil como ela pensava. Além da feroz oposição de Bárbara (Filipa Areosa), namorada de Duarte, ela terá de lidar também com Toni, que, sem ela saber, foi um dos incendiários do pinhal, e Matias, que não conseguirá continuar a esconder os seus sentimentos e vai lutar com o irmão pela mesma mulher.

Fechar Sinopse

Nazaré resumo dos próximos capítulos. Leia o resumo semanal da novela

Confira o resumo da novela Nazaré e fique por dentro dos próximos capítulos

SEG TER QUA QUI SEX
27
09
28
09
29
09
30
09
01
10
04
10
05
10
06
10
07
10
08
10



Segunda-Feira, 27 de Setembro

Capítulo 95: No quarto do hotel, vemos Nuno tirando uma arma de um saco. De seguida, vai para o banho, faz a barba e se apronta para sair.

Já na recepção, Gonçalo e Nuno dão um encontrão e Gonçalo fica com a sensação de que o conhece de algum lado. Na Atlântida, Nuno fala com Verônica.

A conversa corre bem e Verônica gosta do seu currículo ainda que Nuno minta e diga que saiu da PSP por vontade própria. Verônica pergunta a ele porque se mudou de Lisboa para Leiria e Nuno diz que foi um mero acaso e que quis apenas mudar de ares.

Érica está em casa e quando vai para descer as escadas sente uma enorme contração. Aflita, chama por Paula, mas percebe, rapidamente, que está sozinha.

Liga para a mãe, em desespero, e Verônica diz que vai ligar ao 112, pede-lhe que respire fundo e que aguarde ela chegar. Bernardo vai ao encontro do inspetor Prata no Restaurante e falam do acidente de Félix e Verônica.

Prata está convencido de que foi apenas um acidente, mas Bernardo insiste e diz que acredita que anda um assassino à solta. No Hospital, Sofia continua em coma.

Os filhos estão no quarto com ela e Carol lê um livro. Carol sai para ir buscar algo para comer e Pipo, em desespero, suplica à mãe que acorde, pois não consegue aguentar mais a vida sem ela.

Érica já está em trabalho de parto e a ser assistida. Verônica está com ela e vai ajudando a filha durante o parto.

Nasce a bebê e Érica fica derretida. Verônica quer afastá-la da criança, mas Érica diz à mãe que afinal mudou de ideia e que quer ficar com a filha.

Verônica fica em choque. Nuno invade a casa de Nazaré.

Está na sala remexendo em tudo à procura de alguma pista que o possa conduzir até ela. De repente, ouve um barulho e fica alerta.

É Joaquim quem entra e que, ao perceber que lá está alguém, apressa-se a ir buscar uma faca. Nuno consegue se esconder e Joaquim não o vê.

Joaquim chama Dolores, que aguardava lá fora, e pede desculpa a ela pela confusão. Começam a dar um jeito na casa quando Nuno aproveita para escapar.

Antes de sair, Nuno alcança o celular de Joaquim e tira uma fotografia. Sai deixando a porta aberta.

Joaquim estranha a porta estar aberta porque tem a certeza que a tinha fechado. Érica está rendida à filha e diz a Verônica que tem a certeza de que quer ser ela a tomar conta da bebê.

Verônica fica furiosa. Cris e Luís chegam para ver a bebê.

Terça-Feira, 28 de Setembro

Capítulo 96: No hotel, Nuno verifica a fotografia que tirou no celular de Joaquim e começa a ligar para um número. Quando atendem, ele diz o nome de Nazaré e fica silêncio do outro lado.

Nuno fica frustrado, não consegue perceber se é Nazaré ou não e se lembra de Joana, a sua mulher. Nazaré fica preocupada com a chamada que recebeu e conta a Matilde.

Decidem ligar para Joaquim que diz que não deu o número a ninguém e pede a elas que tenham por perto a arma que deixou e que a utilizem, caso seja necessário. Na quinta, Bárbara fala com Duarte e diz que está saturada da sua luta pela Atlântida, mas ele é direto e diz que nunca vai desistir da empresa.

Falam do casamento e de onde planeiam ir passar a lua-de-mel. De volta a casa, Verônica sugere nomes para a bebê e Érica desvaloriza e diz que quer esperar para saber quem é o pai para tomar essa decisão.

Érica vai dar de mamar e Verônica supervisiona a filha. Em casa, Ermelinda desabafa com Ismael sobre a viagem de Floriano à Disney.

Ismael diz que a culpa foi dela que quis se separar e diz que, se fosse ela, ia atrás dele. Ismael se lembra de Cláudia e chora.

No Restaurante, Nuno está atento à conversa de Glória e Matias e diz, simpático, que gostou do restaurante e planeja voltar mais vezes. Glória e Matias discutem o retorno de Toni à banca, um pouco apreensivos.

Já tarde, Bernardo fala com o primo na sala da quinta. Bernardo, sempre muito assertivo, diz ao primo que não acha certo ele casar com uma mulher que não ama.

Duarte fica desconfortável com a conversa. No bar do hotel, Pipo está super agitado e cansado.

Fala com Ana, já irritado, porque não sabe do seu celular. Matias, ao notar o seu desespero, comenta que talvez o tenha deixado no hospital quando foi ver a mãe e se oferece para ir lá ver.

Quarta-Feira, 29 de Setembro

Capítulo 97: Já no hospital, no quarto de Sofia, Matias procura o celular de Pipo. Olha para Sofia, com pena, quando ouve um suspiro e vê que os seus olhos tremem.

De repente, Sofia abre os olhos e Matias toma um susto. Sofia se engasga com o tubo, não consegue respirar e Matias se apressa para pedir ajuda.

A enfermeira e o Dr. Murilo ajudam Sofia e dizem a Matias que vão fazer exames e que avisam a família quando tiverem os resultados.

Em casa, Pipo confronta Carol, pois descobriu que a irmã anda visitando o pai às escondidas. Carol admite que vai visitar o pai desde o início.

Pipo está incrédulo com a atitude da irmã. Matias liga para Carol para contar que Sofia acordou.

Eles correm para o hospital. Já no quarto, Sofia fala com dificuldade e se emociona com a alegria dos filhos.

Sofia fica sabendo que Heitor está preso. Toni está pronto para ir trabalhar e chama pela mãe e pelo irmão, mas percebe que não tem ninguém em casa.

Quando chega ao Mercado, Glória tenta arranjar uma desculpa para que Toni não fique na banca. Toni percebe e fica magoado.

Quando vê Bárbara, pergunta se ela gosta de ser um prêmio de consolação. Na quinta, Duarte fala com Luís sobre o negócio, mas ele está aéreo, só consegue pensar na bebê e Duarte diz que ainda não a foi ver por causa de Verônica.

Chega o agrônomo que lhes dá a triste notícia de que o pomar está doente. Na Espanha, Nazaré está deitada na grama tomando sol quando sente a presença de alguém e se apressa a sacar da arma.

Matilde se assusta e a filha pede desculpa e mostra que a arma não tem balas. Matilde dá a Nazaré o celular que comprou para ela.

Na casa dos Soares, Joaquim está muito feliz, pois conseguiu falar com Elsa e marcar um encontro na casa de Nazaré. Dolores atende a Duarte e fica preocupada com o que ele lhe conta.

De volta à quinta, Duarte está de rastos, vai ter um enorme prejuízo por causa do pomar. O agrônomo explica que quem envenenou o pomar usou químicos bastante fortes.

Duarte tem a certeza que foi Verônica e sai apressado. Duarte entra pela casa de Verônica a dentro e pergunta a Paula onde está a tia.

Ele vai ao quarto de Verônica e a acusa de ter envenenado o pomar. Verônica, com um ar superior, diz que nunca iria se dar a esse trabalho e para ele se manter longe dela e daquela casa.

Bernardo e Érica conversam enquanto a bebê está nos braços de Érica. Com os gritos de Verônica e Duarte, a bebê acorda.

Quinta-Feira, 30 de Setembro

Capítulo 98: Já na casa Gomes, Joaquim pede a Elsa que confesse que Verônica lhe pagou para raptar e manter Matilde sedada. Elsa tem medo e não quer ir presa.

Joaquim garante que consegue um bom advogado para ela. Elsa fica de pensar no assunto.

Na Atlântida, a secretária Maria diz a Verônica que Elsa esta lá para falar com ela. Elsa conta a Verônica que Joaquim se encontrou com ela e lhe pediu que fosse à polícia testemunhar contra Verônica.

Verônica descansa Elsa, promete ajudá-la e pede que confie nela, pois vai resolver a situação. Na prisão, Carol conta a Heitor que Sofia já acordou do coma e Heitor chora sem parar.

No bar do hotel, Gonçalo fala com Nuno e diz que tem a impressão de que o conhece. Nuno não reconhece Gonçalo e, com o desenrolar da conversa, Gonçalo percebe que Nuno se candidatou para ser segurança da Atlântida.

Na Atlântida, Verônica parabeniza Nuno, pois o lugar de segurança é dele e a proteção dela e da empresa está agora nas mãos dele. Nuno atira para cima da mesa o tema Nazaré para estudar a reação de Verônica.

Joaquim está junto a Dolores, no Mercado, que lhe diz que tem medo que ela fuja dele e o plano caia por água abaixo. Quando sai, para ir fazer uma entrega, Joaquim encontra Elsa morta no porta bagagens do seu carro.

Joaquim está desorientado, fecha a bagageira e procura algo no celular antes de arrancar. Nuno tenta ligar para Nazaré, mas o celular continua desligado.

Verônica avisa a Nuno que Duarte está proibido de entrar na empresa. Já no seu gabinete, Verônica recebe Mike e o avisa para nunca mais se encontrar com ela ali.

Ele quer o dinheiro, pois já fez o trabalho que ela lhe encomendou. Verônica dá o dinheiro a ele e o manda embora.

Quando Mike sai, Nuno repara nele e estranha a sua presença, percebe que ele não é dali. Na Espanha, Diego oferece um cesto de fruta e legumes a Nazaré.

Ela agradece e diz que não poderá ir com ele ao festival, que fica para a próxima. Matilde tem pena da filha e Nazaré desabafa que está cansada de andar fugida.

No meio da mata, Joaquim tira o corpo de Elsa do seu carro e o enterra num buraco. O carro deixa um rasto de pneus pelo caminho.

Na , quinta, Bárbara diz a Duarte que não devia ter feito queixa de Verônica, mas Duarte diz ter a certeza de que foi ela que envenenou o pomar. Bernardo está com o primo e também acha que a mãe é culpada.

Na casa dos Carvalho, Pipo, de cabeça perdida, proíbe Carol de falar com o pai sobre a recuperação de Sofia, mas a jovem continua a acreditar na inocência do pai. Pipo, revoltado, sai para o quarto e Ana tenta explicar a Carol que ela está errada e que tem de abrir os olhos em relação a Heitor e não se deixar manipular.

Sexta-Feira, 01 de Outubro

Capítulo 99: Nazaré percebe que o plano com Elsa falhou e fica revoltada. Está farta de se sentir presa e sem esperança de que algum dia a situação se possa inverter.

Bárbara pede a Duarte que se interesse mais pela organização do casamento. Duarte fica tenso, tinha ponderado não ir a lua de mel por causa do pomar, mas ao ver o desespero de Bárbara muda de ideia e não a contraria.

Na cozinha do hotel, Cris está nervoso e só espera que Luís seja o pai da bebê, pois Érica gosta dele e seria tudo mais fácil. Laura não pensa em outra coisa que não se vingar de Verônica, mas Gonçalo pede que não o faça.

Prata está insatisfeito com a insistência de Laura em relação ao acidente de Félix e Cláudia. Ele diz que não ficou provado o envolvimento de Verônica no acidente e pede a ela que esqueça o assunto, mas Laura continua convencida de que está a escapar algo à polícia.

Na Espanha, Nazaré está vendo os pertences que guardou numa caixa, entre eles o seu anel de noivado e a aliança. Fica triste e revoltada por saber que nunca mais vai poder voltar.

Matilde tenta consolar a filha, mas Nazaré diz que não consegue esquecer Duarte e que continua a amá-lo. Em Portugal, na quinta, e quase em sintonia, Duarte descobre a sua aliança e fica nostálgico ao recordar os bons momentos que viveu com Nazaré.

Bárbara aparece no quarto e, deparando-se com a situação, fica cheia de ciúmes e inseguranças. Duarte a descansa, dizendo que agora o único casamento que importa é o deles.

Bernardo, sempre muito direto, diz a Olívia que não se sente preparado para ter sexo. A jovem, com calma, explica a ele que não é sexo, mas sim amor.

Joaquim cruza com Verônica no Restaurante e a acusa de ter assassinado Elsa e de ter tentado incriminá-lo. Ele diz à vilã que gravou a conversa que teve com Elsa e que vai mostrá-la à polícia como forma de incriminá-la.

Verônica avisa que ele não se meta no seu caminho porque se não, a próxima vítima será ele. Verônica entra em casa e não gosta de ver que Laura também lá está.

Laura explica que quando soube que ela estaria presente, quis acompanhar o filho. Verônica não quer esperar por Luís e ordena a Érica que abra o envelope com os resultados do teste de paternidade.

Na casa dos Soares, Luís se apressa, pois já está atrasado. De repente, entram dois capangas que agridem Luís e Joaquim.

Luís, no chão já sem forças, não consegue impedir que Joaquim seja amarrado e levado. Érica revela que Cris é o pai da bebê.

Cris fica atarantado com a notícia e a digerir quando Verônica diz a ele que não vai permitir que a neta seja criada por um drogado. Laura defende o filho e aconselha-os a falarem em privado.

Segunda-Feira, 4 de Outubro

Capítulo 100: Dolores está chegando em casa quando vê com o filho no chão, bastante machucado. Dolores ainda fica mais aflita quando Luís lhe diz que Joaquim foi levado por dois homens.

Já no quarto de Érica, Cris diz que fará de tudo para ajudar a criar a filha. Enquanto isto, na sala, Verônica e Laura discutem.

A policial diz que tem certeza de que foi ela quem matou Félix. Verônica fala que sem provas não a pode acusar de nada, mas fica tensa.

Dolores faz uma videochamada para Nazaré e fala do desaparecimento do pai. Matilde chega nesse momento e fica sabendo do que aconteceu.

Nazaré diz à mãe ter a certeza que isso tem mão de Verônica. No mercado, Duarte e Bárbara encomenda as flores para o casamento.

Cruzam-se com Toni e Bárbara fica incomodada. Glória avisa a ela que Joaquim foi raptado e Luís agredido.

Érica está triste por não ser Luís o pai da sua filha e Verônica comenta que realmente a filha teve pouca sorte com os homens. Érica diz à mãe que não vai afastar Cris da vida da filha.

Já no hotel, Ana e Gonçalo estão tão surpresos como Cris ao saber da notícia. Laura diz, com agressividade, que é melhor que a bebê seja levado ao hotel para que eles a conheçam.

Gonçalo não gosta da sua postura. Sabe que Laura nunca mais vai confiar nele 100%, mas pede a ela que faça um esforço.

Luis chora, achava que a filha era dele. Érica chora também, bastante emocionada, e confessa que também ansiava que a filha fosse dele, pois seria uma , segunda oportunidade.

Luís diz que a ama, mas que não vale a pena complicar mais as coisas. Duarte vai até ao hotel e conta a Laura que Joaquim desapareceu.

Ela informa que não está mais na polícia e que Nuno é o novo chefe de segurança da Atlântida. No bar, Duarte pede a ajuda de Nuno para obter informações de dentro da Atlântida.

Nuno diz que não gosta de jogo sujo, mas Duarte está convicto de que Nuno o irá ajudar. Depois da chamada que Nazaré recebeu e do rapto de Joaquim, Matilde está com medo de que encontrem ela e a filha.

Nazaré começa também a ficar nervosa e Matilde diz que acha mais prudente saírem dali. No seu quarto, Nuno está triste a recordar a mulher enquanto vê um vídeo em que Joana aparece grávida.

Laura vai ver Sofia no hospital e desabafa com a amiga que anda descarregando a sua frustração na família. Sofia confessa que está muito preocupada com o que Heitor lhe possa fazer quando ela voltar para casa.

No Restaurante, Toni insiste com Matias para que o ajude a convencer a mãe a voltar para a banca. Glória percebe que está atrasada e inventa uma dor de cabeça para conseguir sair.

Terça-Feira, 5 de Outubro

Capítulo 101: Na casa dos Soares, Dolores está chorando e sem saber o que fazer para encontrar Joaquim. Pede a Duarte que leve Bárbara, pois a única coisa que não quer é estragar o casamento deles.

Luís fica, neste momento, sabendo que Joaquim tem ajudado Nazaré. Verônica vai à quinta e pede ao filho que volte para casa.

Bernardo diz que não vai com ela e Verônica, revoltada, avisa ao filho que Duarte inventa histórias para os manter afastados. Duarte expulsa a tia da quinta, com a ajuda de Bárbara.

No Lar, Verônica, insistente, pede a Olívia que a ajude a convencer Bernardo a voltar para casa. Olívia diz que Bernardo é muito inteligente e que não vai ceder a chantagens e adverte Verônica de que devia ter pensado melhor nas consequências dos seus atos.

Vemos Bernardo a contemplar um quadro de cortiça onde tem uma foto de Félix ao centro com fotografias dos possíveis suspeitos ao redor, entre eles, Nazaré, Duarte e Verônica. Ermelinda está pronta para sair quando chega João.

Todos ficam surpresos pelo retotrno sem aviso e João fica satisfeito porque a neta agora trabalha ali no Lar. Ermelinda pergunta por Floriano e, quando ele chega, os dois trocam um olhar apaixonado, mas logo se retraem.

Dolores, apressada, grita para o quarto de Luís, e diz que vai à polícia e que não se preocupe porque já tem a roupa do casamento na quinta. Ela atende o celular e fica sem reação.

Já na casa Gomes, Dolores dá de cara com Nazaré e Matilde, que retornaram de Espanha. Dolores chora, desesperada, por não saber de Joaquim e Nazaré promete que vai ajudá-la.

Quando Dolores está de saída, recebe uma chamada de Glória que lhe diz ter uma coisa para lhe contar acerca de Joaquim. Matilde vai até ao Restaurante, ao encontro de Glória, que lhe conta que Joaquim esteve ali com Verônica no dia em que desapareceu.

Nazaré tem a certeza que foi Verônica que raptou Joaquim. Dolores está cansada e sem cabeça para o casamento com toda essa confusão.

Apercebe-se do que disse e pede desculpa a Nazaré. Nazaré acalma Dolores e diz que não se preocupe.

Quarta-Feira, 6 de Outubro

Capítulo 102: Prata vai até à Atlântida ao encontro de Verônica e diz que tem umas perguntas para lhe fazer sobre o desaparecimento de Joaquim, pois há quem a tenha visto com ele no dia em que o mesmo desapareceu. Matilde, que está na recepção da Atlântida, cruza-se com Nuno e ele pergunta a ela se precisa de alguma coisa.

Matilde responde que precisa de justiça e que, se fosse ele, iria embora da empresa, pois a patroa é uma criminosa. Verônica mente para Prata quando ele a apanha de surpresa ao perguntar se ela e Joaquim não falaram sobre Elsa.

Verônica tenta virar o jogo e Prata informa que Matilde lhe disse que Joaquim tinha falado com Elsa. Matilde avisa a Verônica que Nazaré não está sozinha e que vão acabar por provar a verdade.

Nuno fica atento a toda a conversa enquanto Verônica se mostra preocupada. Érica prepara-se para ir para o casamento de Duarte e Bárbara.

Verônica está incrédula que a filha vá ao casamento, mas Érica está farta de confusões. Enquanto prepara a mala da bebê, Verónica aproveita e rouba o suplemento sem que a filha dê conta.

Na quinta, Bárbara direciona os empregados visivelmente nervosa porque viu Matilde e tem medo do possível retorno de Nazaré. Duarte tenta acalmar a noiva, mas em vão, Bárbara chora e Dolores sente-se culpada por estar mentindo para a filha.

Na casa de Nazaré, Prata e Laura vão falar com Matilde. Ela mente e diz que retornou apenas por causa de Joaquim e que não sabe de Nazaré.

Laura aconselha Matilde a falar caso tenha contato com Nazaré. Disfarçada de empregada, Nazaré vai ao casamento de Bárbara e Duarte.

Bárbara, que anda às voltas muito nervosa, deixa cair um prato junto de Nazaré e pede ajuda a ela para limpar a sujeira. Nazaré, nervosa, mantém a cabeça baixa para não ser reconhecida.

Érica procura o suplemento para dar à bebê. Neste momento, Verônica entra com o suplemento com o objetivo de humilhar a filha.

Duarte fica furioso ao ver a tia e a manda embora. Bárbara, que já está se preparando, se olha no espelho e fica emocionada.

Dolores, que está ao lado dela, fica também emocionada. De repente, Bárbara ouve a voz de Duarte no quarto ao lado e sai para ver o que se passa.

Duarte e Verônica discutem com agressividade e Duarte está muito alterado com a presença da tia. Bárbara entra no quarto, com Dolores atrás, e Verônica, que está de saída, desequilibra-se e segura-se ao vestido de Bárbara, acabando por rasgá-lo.

Luís e Dolores levam Verônica dali para fora perante o desespero de Bárbara que tem o vestido de noiva rasgado. Dolores dá um jeito no vestido de Bárbara, que está inconsolável.

Dolores e Luís tentam fazê-la ver que as pessoas não vão olhar para o vestido, mas sim para ela e que será um dia inesquecível, pois ela vai casar com o homem que ama. Já pronta, Bárbara desce de braço dado com o irmão perante o olhar de todos os convidados.

Nazaré, escondida, assiste a tudo desolada. Nazaré, por impulso, ainda pensa em falar, mas Toni, que aparece de repente, a agarra e pede que não faça nada, pois se abre a boca vai presa.

Quinta-Feira, 7 de Outubro

Capítulo 103: Todos brindam à felicidade dos noivos. Laura comenta com Gonçalo que viu Toni e acha estranho a sua presença e que isso pode significar o retorno de Nazaré.

Gonçalo chama a atenção dele e diz que já não é da polícia, que deixe o assunto. Laura pensa estar prestes a apanhar Nazaré, mas, quando vai a ver, é só uma empregada.

Laura confronta Toni, mas ele a desvaloriza e diz que não tem mal nenhum estar ali. Já de volta para casa, Matilde diz à filha que está muito preocupada com ela.

Nazaré, firme, diz que voltou por causa do pai e que vai encontrá-lo com a ajuda de Toni. Quando está de saída de casa de Nazaré, vemos que alguém observa Toni.

Na sala de convívio do Lar, Olívia fala com João e Floriano sobre as desconfianças de Ermelinda em relação ao comportamento estranho dos dois. Ermelinda, que ouve a conversa, acusa-os de terem alguém preso no Lar.

João vai até casa de Nazaré, não acredita que Matilde retornou e não lhe disse nada. Nazaré se sente culpada por ter afastado a mãe de João e diz que devia ir à luta e dar uma oportunidade ao amor.

No quarto de Sofia, no Hospital, o Dr. Murilo diz que os exames que fizeram apresentam bons resultados e que Sofia terá alta no dia seguinte.

No hotel, Cris mostra aos pais uma lista de nomes para a bebê e avisa que vai falar com Érica para escolherem o nome da filha. Dolores pede a Nazaré que se mantenha afastada de Duarte e que deixe Bárbara e Duarte viverem a sua vida, em paz.

Nazaré concorda, e descansa Dolores, diz que vai seguir Verônica, pois pode ser que ela a conduza até ao pai. Bárbara pergunta, com medo, a Duarte se ele estava pensando em Nazaré quando hesitou em responder ao juiz que aceitava casar com ela.

Duarte, na tentativa de desviar o assunto, diz que a única coisa que importa são eles e beija Bárbara. No quarto de Érica, Cris e a jovem escolhem finalmente o nome da filha – Yara.

Sexta-Feira, 8 de Outubro

Capítulo 104: Na Atlântida, Mike está com Verônica que lhe diz que os seus problemas não estão resolvidos, pois Duarte continua no seu caminho e impedindo que Bernardo volte para casa. Nazaré, escondida, ouve a conversa, mas, de repente, bate num vaso e Verônica e Mike ficam alerta.

Nazaré foge para o gabinete da presidência e Mike e Verônica acabam por não encontrá-la e vão embora. Nazaré, quando tenta sair, percebe que ficou trancada e não tem como sair dali.

Na casa Silva, Matias comenta com Toni que a mãe está estranha, tem tido muitas enxaquecas e está trancada no quarto sem dizer nada. Toni não liga muito e, quando recebe uma chamada, apressa-se a sair.

Na entrada da Atlântida, Toni observa o segurança que faz a ronda e, quando pode, segue para a sala onde está Nazaré. Nazaré avisa a ele que tenha cuidado, pois os gabinetes têm alarme.

Toni, como perfeito malandro que é, consegue abrir a porta para Nazaré sair. Nos fundos da empresa, Nazaré e Toni estão a sair dali enquanto Nuno, do carro, os fotografa sem reconhecer Nazaré.

Quando Toni volta para casa, apanha Glória. Ela, atrapalhada, diz que adormeceu vestida.

Toni acha melhor a mãe ir ao médico, pois não é normal andar sempre com dores de cabeça. No Lar, Ermelinda continua com as suas desconfianças em relação a Floriano e João.

Pede a Ismael que os distraia enquanto lhes vai vasculhar o quarto e Ismael, vencido pelo cansaço, aceita. Matias, intrigado, mostra a Glória o batom que encontrou perdido em casa.

Glória fica tensa, mas disfarça. Toni aproveita e comenta que na noite anterior, quando chegou a casa, encontrou a mãe vestida e acordada.

Toni e Matias ficam desconfiados. Na casa Gomes, Matilde diz a Nazaré que tem de parar de perseguir Duarte ou, qualquer dia, é apanhada.

Da última vez só se safou graças a Toni. Nazaré conta à mãe que ouviu Verônica dizer que vai atrás de Duarte e ela vai ter de fazer alguma coisa para impedir que isso aconteça.

Verônica fica muito revoltada por Érica e Cris terem ido registar a bebê sem a sua presença e exige que a filha escolha outro nome para a neta. Érica diz à mãe que o nome está escolhido e o assunto encerrado.

Na Atlântida, Nuno estranha ao ver a cadeira do gabinete da presidência fora do lugar. Vai verificar as câmaras de vigilância, mas não repara que não há registos.

Quando Nuno está pedindo à secretária Maria as imagens da noite anterior, Verônica chega e diz que não é preciso pedir nada, pois foi ela que lá esteve. No Hotel, Ana fala com os pais sobre a ideia dela e de Pipo de se fazerem as sessões de apoio às vítimas de violência doméstica ali no hotel.

Laura e Gonçalo acham uma ótima ideia. Ana desabafa com Laura sobre a sua preocupação com a extrema magreza de Pipo.

Já na casa dos Carvalho, Pipo diz à mãe que vai preparar o almoço, mas Sofia quer voltar a ser ela a tomar conta dos filhos e não o contrário. Matias aparece com um cesto de boas-vindas para oferecer a Sofia e ela o convida para almoçar.

Fonte: Resumo Novelas da Band “Nazaré” Resumo dos próximos capítulos