Porto dos Milagres Resumo Próximos Capítulos / Canal Viva

Porto dos Milagres Resumo Próximos Capítulos / Canal Viva

Resumo Porto dos Milagres Canal Viva Resumo Porto dos Milagres: Livre adaptação de Mar Morto e A Descoberta da América Pelos Turcos, do escritor Jorge Amado, Porto dos Milagres se sustenta em uma trama política que contrapõe o simplório pescador Guma (Marcos Palmeira), um representante do povo, ao poder exercido pelo inescrupuloso Félix (Antonio Fagundes) e sua ambiciosa mulher, Adma (Cássia Kiss). A história contemporânea transcorre na fictícia cidade de Porto dos Milagres, localizada na região do Recôncavo Baiano e formada por duas classes sociais distintas: a burguesia porto-milagrense com suas famílias tradicionais, instaladas na parte alta da cidade, e os moradores pobres do cais do porto, habitantes da parte baixa. A mitologia e a religiosidade estão presentes na trama através da figura de Iemanjá, a “rainha do mar”, padroeira de Porto dos Milagres e que, de forma fantástica, exerce influência na vida dos habitantes. Quando chegam a Porto dos Milagres, descobrem que Bartolomeu se transformou no homem mais poderoso da cidade. Adma, então, envenena o cunhado à revelia do marido, e Félix assume o lugar do irmão. Frederico é um dos pescadores que, para melhorar o sustento da família, está envolvido nos negócios de contrabando de Bartolomeu. Lívia é filha de Laura (Carolina Kasting), que abriu mão do dinheiro da família para viver com o pescador Leôncio (Tuca Andrada). A moça volta a Porto dos Milagres em companhia do namorado Alexandre (Leonardo Brício), filho de Adma e Félix. Na reta final de Porto dos Milagres, Félix tenta matar Guma, mas acaba se rendendo ao pescador, implorando que ele salve seu filho Alexandre, que arrasta Lívia para o alto-mar, disposto a morrer com ela. Em seguida, o capataz também toma a bebida, morrendo ao lado da mulher que sempre amou. Félix, eleito governador, é morto por Rosa Palmeirão no dia da cerimônia de sua posse. Após uma curta passagem de tempo, Guma é eleito o novo prefeito da cidade, marcando o início de uma nova era em Porto dos Milagres.

Confira abaixo o resumo semanal da novela Porto dos Milagres

Novela Porto dos Milagres Canal Viva: resumo dos próximos capítulos


Capítulo 31 – sábado, 23 de março: Genésia e Esmeralda brigam. Augusta tranca a porta e aguarda a polícia. Rita consola a filha, que sofre. A cidade comenta a confusão na igreja. Oswaldo tenta convencer Augusta a abrir a porta, sem sucesso. Babau lê trechos do ABC de Rosa Palmeirão, mas quando sabe da briga na igreja corre para a Cidade Alta. Muitos palpitam na porta da igreja, que continua trancada. Félix chega, faz com que a porta seja aberta e ordena que a igreja seja colocada nos trinques, marcando uma audiência com as duas líderes para minutos depois. Guma faz uma oferenda para Iemanjá e pede que ela o ajude a mudar a vida do povo do cais. Fred garante ao pai que terminou o namoro. Ricardina chega para o encontro com o prefeito. Oswaldo dá um calmante para Augusta e ela cai dura no chão.

Capítulo 32 – segunda, 25 de março: Todos tentam reanimar Augusta, somente Oswaldo permanece tranqüilo. As beatas e as iaôs ainda se defrontam na frente da igreja. Genésia começa a soluçar. Socorro quer ajudar a bater na irmã e acaba pelada na rua. Oswaldo avisa a Félix que Augusta não poderá comparecer à reunião. Ricardina pede uma posição do prefeito e ele aceita a homenagem do candomblé, liberando a lavagem da igreja. Depois da lavagem, Mãe Ricardina vai para o terreiro preparar a festa de Guma. A cada soluço, Genésia cospe uma pitomba. Dulce arma um plano para que ela e Lívia possam ir à festa no terreiro. Eriberto chama Jacques para o trabalho. Alexandre debocha da festa do povo do cais. Adma acha melhor não tirar fotos junto com Amapola. O bispo chega. Guma, Rufino, Esmeralda e Ricardina saem no mar. Genésia decide procurar o bispo para se curar do feitiço.

Capítulo 33 – terça, 26 de março: Começa a cerimônia da crisma de Félix. O Valente chega na Pedra de Iemanjá e todos lançam suas oferendas. Uma chuva de ouro cai sobre Guma. Na igreja, uma chuva dourada cai também sobre Félix e todos pensam que foi encomendada por Adma. Leontina corre esbaforida com medo da defunta voltar. Genésia invade a igreja expelindo pitombas. Félix fala ao pé do seu ouvido palavras sedutoras e consegue parar os soluços de Genésia. Jacques recolhe o contrabando e é visto por Guma e Ricardina. Luiza atravessa a rua para não falar com Fred, mas depois chora. Judith fica aliviada quando o marido volta, mas mesmo assim briga com ele. Félix é saudado como o rei da Bahia. Ricardina avisa Guma: para Iemanjá ele é que é o rei.

Capítulo 34 – quarta, 27 de março: Todos tentam reanimar Augusta, somente Oswaldo permanece tranqüilo. As beatas e as iaôs ainda se defrontam na frente da igreja. Genésia começa a soluçar; Socorro quer ajudar a bater na irmã e acaba pelada na rua. Oswaldo avisa a Félix que Augusta não poderá comparecer à reunião. Ricardina pede uma posição do prefeito e ele aceita a homenagem do candomblé, liberando a lavagem da igreja. Depois da lavagem, Mãe Ricardina vai para o terreiro preparar a festa de Guma. A cada soluço, Genésia cospe uma pitomba. Dulce arma um plano para que ela e Lívia possam ir à festa no terreiro. Eriberto chama Jacques para o trabalho. Alexandre debocha da festa do povo do cais. Adma acha melhor não tirar fotos junto com Amapola. O bispo chega. Guma, Rufino, Esmeralda e Ricardina saem no mar. Genésia decide procurar o bispo para se curar do feitiço.

Capítulo 35 – quinta, 28 de março: Começa a cerimônia da crisma de Félix. O barco Valente chega na Pedra de Iemanjá e todos lançam suas oferendas. Magicamente, uma chuva de ouro cai sobre Guma. Na igreja, uma chuva dourada cai também misteriosamente sobre Félix e todos pensam que foi encomendada por Adma. Leontina corre esbaforida com medo da defunta voltar. Genésia invade a igreja cuspindo pitombas. Félix fala para ela, ao pé do ouvido, palavras sedutoras e consegue parar os soluços de Genésia. Jacques recolhe o contrabando e é visto por Guma e Ricardina. Luiza atravessa a rua para não falar com Fred, mas depois chora. Judith fica aliviada quando o marido volta, mas mesmo assim briga com ele. Félix é saudado como o Rei da Bahia. Ricardina avisa Guma: para Iemanjá ele é que é o Rei.

Capítulo 36 – sexta, 29 de março: Augusta nem se move. Genésia acorda calmíssima e não se lembra de nada, muito menos das pitombas. Guma sonha com Lívia transmutada em Iemanjá. Esmeralda se rói de ciúmes. Venâncio aplaude o visual de Amapola. Os meninos na praia jogam coquinhos em Leontina. A chave da igreja está no chão do quarto de Genésia, que encontra-a e guarda. Começa a cerimônia no terreiro de mãe Ricardina. Na casa de Félix e Adma, chegam os primeiros convidados. Lívia finge passar mal e Dulce se prontifica a levá-la ao consultório de Rodrigo. Alexandre fica dividido, mas a mãe insiste que o pai quer que ele fique o tempo todo ao seu lado. Augusta acorda e vai para a igreja e fica indignada ao saber que perdeu tudo. Invade a festa de Félix e afronta Adma inquirindo-a como começou uma festa sem a sua presença.

Capítulo 37 – sábado, 30 de março: Adma expulsa-a da festa. Augusta ainda tenta contestá-la, mas a anfitriã usa a força e acaba arrancando as mangas do vestido da convidada. Oswaldo leva Augusta embora. Mãe Ricardina, vestida como Iemanjá, sai da camarinha seguida por Guma, que se torna ogã. Lívia olha extasiada. Vênus e Serena fofocam a decadência da líder. Rodolfo se preocupa com o estado de Leontina e promete levar Lívia para encontrá-la. Félix manda o filho ir atrás da namorada. Dulce quer ir embora, mas Lívia prefere ficar. Ao perceber que a noiva foi para o terreiro, Alexandre manda Eriberto juntar uns homens e segue para lá, disposto a arrumar confusão. Guma senta na cadeira assumindo o lugar de honra. Lívia se assusta com a chegada de Alexandre.

Fonte: Resumo Novelas Canal Viva Porto dos Milagres resumo dos próximos capítulos