“A Terra Prometida” Resumo dos Próximos Capítulos | Resumo das novelas Globo, SBT, Record, Canal Viva e Band

“A Terra Prometida” Resumo dos Próximos Capítulos

A Terra Prometida. Saiba mais sobre a novela da Record “A Terra Prometida” e confira o resumo dos próximos capítulos: aproximadamente 1200 a.C. – Acampamento hebreu em Sitim, no deserto de Moabe. Após a morte de Moisés, Josué é o novo líder dos hebreus. Ele é um guerreiro experiente, dotado de coragem, determinação e de uma fé poderosa. Mas não é tarefa fácil conduzir um povo ao seu destino! Com seus aliados mais próximos e de confiança, o sacerdote levita Eleazar e o líder da tribo Judá Calebe, Josué tem que cumprir uma difícil missão ordenada por Deus: comandar as doze tribos de Israel na conquista de Canaã, a Terra Prometida. …ler a sinopse completa

É um grande desafio porque, para chegar a Canaã, é preciso cruzar antes de tudo o Rio Jordão que está caudaloso como nunca, em época de cheia. Depois os hebreus terão que guerrear contra os Cananeus que dominam aquela terra, povos pagãos, idólatras e extremamente violentos. Ao longo da novela, enfrentarão reis, rainhas, nobres e generais perigosos, vingativos e exóticos como o rei Marek, a rainha Kalesi e o comandante chefe Tibar, de Jericó; o rei Durgal e seu irmão, o prefeito Kamir, do reino de Ai; entre outros vilões ameaçadores.

O primeiro grande confronto de Israel é contra o fortificado reino de Jericó, protegido por lendárias muralhas duplas que, além de altíssimas, possuem quatro metros de largura cada uma, um obstáculo aparentemente intransponível. Porém nada é impossível para aqueles que são escolhidos pelo Senhor e nele depositam uma fé verdadeira. Auxiliados por prodigiosos milagres do Senhor, Josué e os hebreus atravessam o Jordão, vêem as muralhas desabarem ao som de suas trombetas e gritos e vão vencendo bravamente cada um dos reinos inimigos que encontram no seu caminho.

Mas não é só com os cananeus que Josué e seus aliados terão que se preocupar. Dentro do próprio acampamento hebreu, existem fortes opositores ao comando de Josué, sendo que o principal deles é o vilão Acã, que tem como cúmplices seus filhos Melquias e Gibar.

Em paralelo às suas responsabilidades como líder de Israel, Josué vive uma emocionante história de amor com a linda Aruna, uma mocinha corajosa e determinada, exímia com a espada, capaz de guerrear ao lado os soldados homens quando necessário. O problema é que a irmã de criação de Aruna, a geniosa e briguenta Samara também é apaixonada por Josué. Tendo sua traiçoeira mãe Léia como cúmplice, Samara vai fazer de tudo para separar o casal central.

Outras emocionantes histórias de amor vão agitar a novela. Salmon, um dos mais importantes guerreiros hebreus, vai se apaixonar por Raabe, uma prostituta de Jericó que, por auxiliar a ele e outro espião de Israel, recebe o prêmio de ser acolhida com sua família em Israel. O casal vai enfrentar todo tipo de oposição e de preconceito, principalmente da ex namorada de Salmon, a ciumenta Jéssica, e da pessimista e fofoqueira Mara.

Também teremos a paixão proibida de Livina e Maquir, jovens de tribos diferentes que são, por isso, proibidos de viver seu amor. Com o tempo, Livina vai descobrir que Maquir não é tão honesto como ela imaginava e, a partir daí, ela terá que lutar para ser feliz ao lado de outro guerreiro, Rune.

Vamos acompanhar a tristeza da bondosa Sama que, por não poder ter filhos, é forçada a aceitar que seu querido marido Boã arrume uma segunda esposa, a dissimulada Ruth.

Vamos rir com as dificuldades da delicada Tirda, às voltas com um marido brutamontes e mal educado, Haniel. E vamos chorar com as desventuras de Chaia e Zaqueu, um casal apaixonado que acaba sendo separado pelas armações de um vilão vingativo, o soldado Tobias.

Muita ação e aventura também vão rechear a trama. Além das épicas cenas de guerra, teremos também fantasia e humor. O fraco e tímido guerreiro Otniel e as crianças Lila, Nobá e Gael vão descobrir o sentido da verdadeira amizade com um gigante bondoso, Talmal. E, no lado cananeu, vamos acompanhar as aventuras de um divertido bando de meninos de rua, os Lagartos.

Voltando à trama central, Josué e seus aliados conseguem vencer gloriosamente Jericó, cujas muralhas vão abaixo graças a um milagre do Senhor. Em seguida, eles atacam o reino de Ai, dominado pelo excêntrico rei Durgal, onde para surpresa geral, sofrem uma grande e vergonhosa derrota.

Josué fica arrasado, mas logo o próprio Deus explica a ele que o culpado do fracasso foi o vilão Acã que, contrariando a vontade divina, roubou espólios de guerra de Jericó. Como castigo, Acã e seus filhos são executados. Livres assim do pecado, os hebreus investem novamente contra Ai e, dessa vez, alcançam uma gloriosa vitória, sendo que na batalha final, Deus realiza outro de seus milagres, permitindo que Josué pare o sol no meio do céu por um dia inteiro.

A fama dos hebreus já percorre agora toda Canaã e deixa os inimigos amedrontados. É por medo que o rei de Gibeão, Zareg, tenta aplicar um golpe: ele e sua corte abandonam sua cidade e vão ao encontro dos hebreus disfarçados, fingindo ser um povo que vem de muito longe, de fora de Canaã. Levam sacos velhos sobre seus jumentos e jarros surrados e manchados. Suas roupas estão puídas e suas sandálias velhas e remendadas. Todo o pão que levam está seco e bolorento.

Dizendo que são aliados, os gibeonitas conseguem ser recebidos entre os hebreus. Seu golpe, porém, logo é desvendado e, como castigo, eles se tornam servos, carregadores de lenha e de água.

A chegada dos gibeonitas traz novos personagens e reviravoltas para a trama: a vilã Mara, influenciada pelos estrangeiros, decide aprender a arte da feitiçaria, algo que acaba por lhe trazer imenso sofrimento. A filha de Calebe, Acsa, fica apaixonada pelo militar Bogotai, o que também acaba por lhe trazer muitos problemas.

Enquanto isso, Adonizedeque, rei de Jerusalém, convoca outros quatro grandes reis e forma uma coalizão para enfrentar os hebreus. Mas mais uma vez, Josué é vitorioso.

Nesse momento da história, as vilãs Samara e Léia armam um golpe que faz Josué pensar que sua amada Aruna foi morta. É o momento mais difícil da trajetória do protagonista, mas ele segue firme em sua fé e não esmorece em sua missão. Ele segue liderando o povo e uma passagem de tempo mostra que Israel vai vencendo mais de quarenta reinos inimigos, um por um, confirmando cada vez mais o domínio sobre Canaã.

Após essa passagem de tempo, os hebreus enfrentam o rei JABIM, da cidade de Hazor, um líder considerado invencível. Mas o Deus dos hebreus prova que só Ele é invencível e Israel alcança nova vitória. É então que Aruna volta, para grande alegria de Josué.

Agora faltam poucos inimigos ainda por exterminar e Josué percebe que está chegando a hora daquela terra repousar da guerra. Depois de outra passagem de tempo, Josué já está mais velho, feliz ao lado da sua também já mais velha esposa Aruna. Ele então divide as terras de Canaã entre as doze tribos, cumprindo a vontade do Senhor.

Depois de mais uma passagem de tempo, Josué já é um ancião. Sentindo que já está próximo o dia da sua morte, ele chama os líderes de todas as tribos, os oficiais e os juízes para seu discurso final.

Nele, Josué relembra as muitas vitórias que alcançaram e relembra as muitas aventuras e batalhas que viveram desde a saída do Egito e durante toda a conquista de Canaã. Dali em diante, todos devem seguir servindo ao Senhor, o Deus santo e zeloso que não perdoará transgressões ou pecados do seu povo. Josué apanha então uma grande pedra como testemunho da aliança feita entre todo o povo e a coloca debaixo de um carvalho, tornando aquele lugar santo. Depois dessas coisas, Josué , este servo do Senhor, grandioso líder militar e espiritual, falece com a idade de cento e dez anos, ficando para sempre como inspiração para todos, como exemplo perfeito de fé, perseverança e coragem.

Com seu sepultamento, termina A Terra Prometida, uma novela repleta de conflitos, intrigas, romances, aventuras, lutas pelo poder, traições, paixões proibidas e amores impossíveis. Tudo isso narrado com muita emoção, deixando para o público a mensagem de que nada é impossível para aqueles que depositam no Senhor uma fé verdadeira.

Não deixe de conferir o resumo dos próximos capítulos da novela A Terra PrometidaFechar

A Terra Prometida resumo dos Próximos Capítulos. Leia o resumo semanal da novela

Confira o resumo da novela A Terra Prometida e fique por dentro dos próximos capítulos

SEGTERQUAQUISEX
27
02
28
02
01
03
02
03
03
03
06
03
07
03
08
03
09
03
10
03



Segunda-Feira, 27 de Fevereiro

Capítulo 169: Adonizedeque fica incrédulo.

Tobias se desespera, mas Samara o tranquiliza dizendo que Aruna está morta. Agoniado, Mireu diz que precisa arrumar um jeito de encontrar Ula.

Na cozinha do acampamento, Mara encontra outras hebreias e avisa que tem alguém adorando deuses pagãos em Gilgal. A vilã escuta vozes e fica transtornada.

Raabe a observa. Adonizedeque desabafa com as caveiras.

Mireu encontra Ula e avisa que Úrsula fará algo contra o rei. Zaqueu diz que alguém flechou Aruna e o culpou.

Livana diz estar orgulhosa de Rune. Mara vai até a tenda de Elói e lhe pede desculpas.

Ela entrega um cesto de pães e finge, dizendo estar arrependida. Quando ele se vira, a vilã puxa uma faca para golpeá-lo.

Aruna tenta sair do quarto, mas é impedida pelos guardas. Antes de esfaquear Elói, Mara é interrompida pela chegada de Raabe.

Aruna é levada de volta à masmorra. Ula tenta ampará-la.

Adonizedeque finge não saber de nada e comemora a recuperação de Aruna. Abul se aproxima de Úrsula e avisa que chegou o momento de envenenar o rei.

Josué procura Aiúde e diz estar desconfiando de Mara. O líder de Israel avisa que a vilã foi vista por Raabe cultuando as estatuetas.

Abul joga o veneno na bebida de Adonizedeque. Mara encontra Aiúde e confessa ter sequestrado o bebê de Raabe.

Josué aparece e diz ter ouvido tudo.

Terça-Feira, 28 de Fevereiro

Capítulo 170: Josué anuncia a prisão de Mara.

Adonizedeque troca a taça envenenada. Abul se contorce de dor.

Adonizedeque manda prender Úrsula. Mara confessa ter lhe traído o marido com Acã e Racal.

Em nome de Mara, Ioná pede perdão à Raabe. Ula e Aruna são libertadas por Abul, antes dele morrer.

Ula decide procurar Lina e Mireu antes de deixar Jerusalém. Ula manda Aruna fugir logo.

Mara pede ajuda a Ioná para fugir. O comportamento de Samara é alvo de reclamação de Léia.

Aiúde é consolado por Pedael e Elidade.

Quarta-Feira, 01 de Março

Capítulo 171: Samara vai até a tenda de Josué para oferecer pães.

Ula e Lina se encontram. Samara é expulsa por Josué.

Ao saber que as prisioneiras foram soltas, Adonizedeque ordena que Aruna seja capturada. Mireu deixa a sala do trono.

Aruna caminha pelas campinas de Canaã. Mireu encontra Lina e Ula e decidem fugir para Gilgal.

Ioná diz que não vai ajudar a mãe a fugir, Mara ouve e esbraveja. Tobias teme que encontrem o seu arco.

Mara finge passar mal e golpeia um guarda com uma faca.

Quinta-Feira, 02 de Março

Capítulo 172: Mara finge passar mal e golpeia um guarda com uma faca.

Josué ordena uma busca pela megera fugitiva. Mara avista uma caravana enquanto caminha pelas campinas de Canaã.

A vilã é detida por um mercador de escravo. Otniel reconhece Mara e avisa para ela fugir.

Aruna surpreende Tobias enquanto ele tenta se livrar do arco.

Sexta-Feira, 03 de Março

Capítulo 173: Aruna diz que a ajuda de Deus lhe fez sobreviver e luta com Tobias.

Mara é amarrada. Os soldados de Jerusalém surpreendem Tobias antes dele atingir Aruna.

Aruna e Tobias são presos pelos oficiais de Adonizedeque. Ula, Lina e Mireu fogem e pedem proteção a Josué.

Aruna e Tobias são levados ao soberano de Jerusalém. Setur mostra interesse em Lina.

Mireu avisa Josué que Aruna está viva. Ele se emociona.

Tobias diz que está disposto a trair seu povo em troca de sua vida. A atitude do rapaz é questionada por Aruna.

Adonizedeque manda os dois hebreus para a masmorra. Mireu diz a Josué que o rei vai usar Aruna como escudo humano na guerra contra Israel.

Segunda-Feira, 06 de Março

Capítulo 174: na masmorra do palácio, Aruna diz perdoar Tobias.

Adonizedeque começa a preparar um ritual para sacrificar Tobias. Os soldados buscam o Monstro Hebreu na prisão.

Josué permite que Mireu, Ula e Lina permaneçam em Gilgal. Adonizedeque obriga Aruna a matar Tobias.

Josué diz confiar em Deus. Aruna se recusa a matar Tobias e tenta golpear o rei, que consegue se esquivar.

Furioso, Adonizedeque pega o punhal e mata Tobias. Ioná fica feliz ao saber que sua amiga está viva.

Josué vai até a tenda de Quemuel e avisa que Aruna está viva. Samara se surpreende com a notícia.

Adonizedeque ordena que prendam Aruna na masmorra. Darda e Jesana amparam Yana.

O rei de Jerusalém avisa que é preciso dominar Gibeão para terem êxito contra os hebreus. Setur elogia a beleza de Lina.

Mara é maltratada pelos mercadores de escravos. Eles dão comida estragada para a vilã comer.

Com Aruna amarrada à frente, Adonizedeque conduz o exército de Jerusalém. Josué descobre que Gibeão foi atacada e avisa que a guerra começou.

O líder de Israel pede proteção a Deus.

Terça-Feira, 07 de Março

Capítulo 175: Zareg se oferece para lutar ao lado dos hebreus.

Calebe e Iru se preparam para a guerra. Mireu também avisa que lutará ao lado do povo de Israel.

Salmon se lembra dos momentos ao lado de Raabe e se declara para ela. Iru se despede de Jéssica.

Otniel tenta ajudar Mara, mas ela reclama do tratamento dos comerciantes de escravos. Haniel se declara para Tirda.

Livana ajuda Rune a se vestir para a guerra. Eleazar fala sobre a Arca da Aliança com Mireu.

Josué termina de analisar a estratégia de guerra. Os soldados da Coalisão Invencível de Adonizedeque se preparam para o confronto contra os hebreus.

Chaia pede para Zaqueu ter cuidado. Ioná diz ter orgulho de Elói.

Quemuel estranha o sumiço de Tobias. Mara é assassinada pelo mercador de escravos.

Quemuel diz não ter tempo para procurar Tobias. O Exército de Israel vai deixando Gilgal.

Confiantes na vitória, Adonizedeque e os outros reis seguem levando Aruna refém. O exército da coalisão avança nas campinas de Canaã.

Deus fala com Josué e o encoraja. O líder dos hebreus avista, ao longe, a aproximação dos soldados inimigos.

Quarta-Feira, 08 de Março

Capítulo 176: os dois exércitos se chocam e começam a lutar.

Raabe fala sobre Deus para Ula e Lina. A cavalo, Rune acerta um soldado inimigo e salva a vida de Zaqueu.

Os guerreiros hebreus lutam bravamente. Calebe avisa que o exército de Israel está em menor número.

Josué diz que Deus está ao lado deles. Os hebreus vão levando vantagem na batalha.

No céu, um milagre acontece. Nuvens se movimentam e começam a cair grandes pedras em chama sobre as tropas cananeias.

Eleazar, Finéias e os outros hebreus se emocionam. Adonizedeque avisa que a hora de Aruna está chegando.

Ela se mostra confiante em Deus. Alguns cananeus tentam fugir.

Milagrosamente, o sol para no céu enquanto os hebreus perseguem os inimigos. Os reis da Coalisão Invencível percebem que o tempo parou.

Adonizedeque explode de raiva. Mireu e Salmon observam o milagre.

Calebe e Josué lutam confiantes. Adonizedeque olha para Aruna e diz que não desistirá por nada.

Ele e os outros reis se aproximam de Josué trazendo Aruna amarrada. O soberano de Jerusalém coloca a espada no pescoço dela.

Quinta-Feira, 09 de Março

Capítulo 177: Adonizedeque é atingido por uma flechada de raspão.

Todos olham para trás e avistam o Soldado Mascarado. Josué fica confuso.

Aruna aproveita o momento e foge. Adonizedeque arremessa a espada para acertá-la.

Josué consegue defende-la. Eles se abraçam aliviados.

Adonizedeque e os outros reis começam a fugir. Josué e os outros hebreus vibram com a vitória.

Yana encontra Aruna e revela ser sua verdadeira mãe. Salmon diz saber onde os reis se esconderam.

Yana avisa que não pode permanecer mais no acampamento. Samara se assusta ao saber que Aruna está viva.

Escondidos em uma caverna, os reis discutem entre eles. Aruna avisa que Tobias está morto.

Samara começa a acusa-la de ter matado o irmão. Quemuel tenta controlar a filha.

A vilã deixa o local ofendendo Aruna. Finéias sorri e conversa com Deborah, uma moça levita.

Mibar permite que Isaque se case com Adélia. Aproveitando a ocasião, Pedael pede Neziá em casamento e ela aceita.

Lina e Setur conversam carinhosamente. Jesana entrega uma flor para Darda.

Samara observa os casais e explode de ódio. A vilã é surpreendida pelo ataque de um soldado de Jerusalém buscando vingança.

Sexta-Feira, 10 de Março

Capítulo 178: Samara então avisa que pode entregar o líder Josué e sua esposa Aruna.

Ela leva o oficial para sua tenda. Josué e os outros guerreiros chegam à caverna onde Adonizedeque está escondido com os outros reis.

Os monarcas imploram pela vida, mas são executados. Samara engana Aruna e diz querer pedir desculpas.

Ruth e Boã cuidam de Sama. Aruna cai na armadilha de Samara e é surpreendida pelo ataque do soldado de Jerusalém.

Quemuel chega, luta com o inimigo e é ferido, mas acaba matando o oficial. Samara se desespera ao ver o pai ferido.

Quemuel revela a verdade para Aruna. Ele diz ser seu verdadeiro pai, dá o último suspiro e morre.

Léia grita chocada. Raabe fica aliviada ao reencontrar Salmon.

Samara se desespera ao ver que Quemuel está morto e começa a vagar dando sinais de loucura. Dez anos se passam e os hebreus seguem vencendo diversas batalhas contra os povos inimigos.

Mais velhos, Josué e Aruna conversam e comentam sobre o fato de não terem tido filhos. Iru e Jéssica brincam com o filho Matheus, de oito anos.

Acsa permanece triste e com esperança de rever Otniel. Barbudo, forte e queimado de sol, Otniel trabalha pesado em uma grande plantação sob o comando de mercadores de escravos.

Fonte: Resumo Novelas da Rede Recorde “A Terra Prometida” Resumo dos próximos capítulos